Vale do Matutu

A NATUREZA ABENÇOADA DO MATUTU
A Serra do Papagaio, a Cabeça do Leão, a Cachoeira das Fadas, o Poço dos Macacos, a Cachoeira do Fundo, os templos de araucárias, os rios de águas cristalinas. O ar fresco da manhã, o solo forrado de pinhão no outono, o orvalho de cada amanhecer, o silêncio que permite escutar o bater de asas de um beija-flor, a geada branquinha cobrindo a paisagem de branco nas manhãs geladas de inverno, o perfume das flores. O Vale do Matutu foi abençoado pela beleza tropical da Mantiqueira. E a Oca Soma completa esse cenário sagrado, trazendo o encantamento do toque mineiro autêntico, a simplicidade da terra, o cheirinho da roça. Tudo com atenção aos detalhes para criar conforto e aconchego para que você possa entrar em harmonia e conexão com a natureza do lugar.
E o Vale do Matutu não é um lugar qualquer. Protegido pela Fundação Matutu, está localizado dentro da APA Mantiqueira, área declarada pela UNESCO como reserva da biosfera da Mata Atlântica. Um santuário de fauna e flora, com muitas espécies endêmicas e em risco de extinção, que faz limite com o Parque Estadual da Serra do Papagaio e o Parque Nacional de Itatiaia.
Sua vegetação é típica da Mata Atlântica de altitude, com bolsões de florestas Ombrófilas, de Araucárias, Matas de Candeia, Campos rupestres e de Altitude.
As paisagens variam de 1300m até 2143m e o friozinho gostoso de montanha predomina o clima o ano inteiro, com uma média anual entre 17 ºC e 20 ºC . No verão, de dezembro a março chove bastante no Vale, e os meses de inverno, de junho a setembro, costumam ser os mais frios, mas com os dias mais límpidos. Mas há sempre poesia em cada estação se houver beleza nos olhos e paz no coração de quem aqui chega.

DATAS FESTIVAS
Principais Festas

06/janeiro-Folia de Reis
24/junho-Festa de São João
15/setembro- Nossa Senhora das Dores (padroeira local)

Links
Para quem quer mais informações sobre o Vale do Matutu e a Serra do papagaio, acesse os sites Portal Matutu Ecoturismo, Fundação Matutu e a página do Vale do Matutu no site Comunidades da Serra do Papagaio.

O que conhecer no Vale do Matutu
Aroma do Vale (SPA)
Associacão Broto-brasilis
Passeio com Guias da Associação Moradores e Amigos do Vale do Matutu (AMA)
• Casarão sede da Associação Moradores e Amigos do Vale do Matutu (AMA)
Loja do Paiol

Onde Fica
O Vale do Matutu fica a aproximadamente 380Km de São Paulo, 420Km de Belo Horizonte e 360Km do Rio de Janeiro, sendo 17Km de estrada de terra (de Aiuruoca até o Matutu), que pode apresentar condições irregulares no período da chuva (verão – de dezembro a março).

O que trazer
É aconselhável trazer um bom livro, boné ou chapéu, protetor solar, lanterna, roupa de banho, bastante agasalho no inverno, tênis ou bota de caminhada e roupas confortáveis.


HISTÓRIA OU COMO TUDO ACONTECEU

A eclipse da lua no céu.
Um flash na mente e um presente divino:
o chamado irresistível do sagrado.


“Dia 22 de julho de 2011. Cinco anos depois de dormir pela primeira vez na casinha de pau-a-pique, inauguramos a Oca Soma.
Na celebração, o espaço teve a honra de receber toda a comunidade do Matutu, esse vale uterino no coração da Serra da Mantiqueira, no sul de Minas Gerais. Foi um dia de festa muito lindo que embelezou nosso final de tarde. Da abertura com cantos gregorianos pelo meu querido amigo Cândido, acompanhado pela cítara de Michel e a célebre apresentação de uma releitura do Coral do Matutu regido por Ignácio Guerber. Entre tantos momentos especiais, um dos mais marcantes foi a declamação de poesias que nasceram no coração do poeta local, Tião Ferreira. Esse homem de sorriso largo e alma generosa, interpretou com sentimentos as palavras, fazendo todo mundo se emocionar.

Quando olho para o espaço da Oca Soma edificado, lembro que ele nasceu de um sonho, de um chamado.
Foi logo no início da minha jornada na pequena casinha de pau-a-pique, no instante mágico em que olhava o céu e ocorreu, sem que eu soubesse, um eclipse lunar.  A magia aconteceu e depois disso foi trabalhar para concretizar mais um chamado do meu coração.
Hoje, a Oca Soma é para mim como um filho, ou uma filha. Um ente querido que precisa ser alimentado de luz. Da luz de pessoas maravilhosas que possam fazer desse espaço sagrado o fortalecedor de almas mais femininas para um mundo melhor e com mais amor, onde vibre a paz e a gratidão.
Oca Soma é a barriga da mãe, o útero, a conexão com a nossa essência, o resgate de nossos propósitos, de nossa pureza, de nossa criança interior. Tudo pensado com a intenção de acolher e de nutrir a União, a Unidade.
A Oca Soma é sobre despertar. Sobre criar vida. Para trazer mais beleza ao mundo. Mais amor. Para despertar a fonte de cura que habita cada um de nós, pura e cristalina. Um espaço para transformar, crescer, enxergar e escutar a si próprio/a, como um milagre de uma linda e pura canção.
Ela é uma querida sementinha que nasceu nesse lugar que eu amo e quero preservar, o Vale do Matutu. Um espaço para celebrarmos com leveza e fluir, a nossa alegria e compaixão, vivendo uma vida plena de felicidade, bom humor, amor e bem-estar.
Espero em breve, encontrar a todos aqueles que tenham essa busca em seu coração neste nosso lugar”.
Com amor,
Namastê,
Vera Ji.

…fui batizada Vera Ji nesse momento…

voltar para a home

20 Respostas para “Vale do Matutu

  1. Oi Vera, que site lindo! Um dia, quero ir te visitar, com o Felippe. O Ano passado estive com Mother Maya , fui e sou sua tradutora no Brasil desde 1998. Vi quando foi convidada para ir ao MAtutu, n ão omaginava que era para estar no Oca Soma!
    Beijos

  2. Pingback: Vale do Matutu | José Luiz

  3. Vera querida, que sonho este lugar!!! O site está uma delícia, dá para sentir a energia de Vida e de Amor que você coloca em tudo o que faz. Espero visitá-la em breve, beijo com carinho, Cris Boog

  4. VERA BOM DIA, MEU NOME É EDGARD ,TENHO MINHA FILHA QUE MORA NA FRANÇA , E A VONTADE DELA É MORAR NUM LUGAR COM ESTE. GOSTARIA QUE ELA PUDESSE SE COMUNICAR SERIA POSSÍVEL!!

  5. Oi Vera, te conheci Vera Maria Ribeiro de Lima Peirão…e ha tempos estou te procurando…Agora te achei.;..Faço curso de Ayurveda, trabalho com estética e conheço bem a Cris Coelho .Gostaria de passar meu niver por estas bandas do Matutu.seria do dia 24/7 a 29/7.Tem algum curso neste periodo na Oca? Estou vendo a pousada do Matutu pra ficar, é perto de vc…?Namaste

  6. Vera, acabei de ler o seu livro, na volta do Matutu… creia, a sua busca é muito parecida com a minha. Estou pensando em retornar ao Vale agora, em agosto, e conhecer o seu espaço. Para tanto, preciso de informações sobre disponibilidade de quarto, valores, etc. Vou só. Um abraço enorme. Telma

  7. Ola Telma, sou Maria Cristina e acabei de voltar do Vale do Matutu.Estive com a Vera, que é minha amiga de muitos anos, e lá na Oca, pelo que sei, não ha pouso, mas voce podera verificar as outras pousadas do local, todas muito boas.Fiquei na do Candido e Paulo, Pousada do Matutu, ok? Boa sorte

  8. oi vera, tudo bem? eu sou a mineira que te ligou para saber sobre o encontro que marco schultz, que acontecer´nos dias 20 e 21de março,de 2015. o encontro acontecerá onde, na OCA?gostaria de me hospedar bem próximo ao evento. gostaria que me desse algumas dicas também sobre o valor do encontro. você é a organizadora deste evento?
    sou cris borges, instrutora de yoga , resido no interior de Sâo Paulo e acompanho o professor Marco, há alguns anos,Grata. Namastê

  9. vera, espero encontrá-la bem !!!!sou a cris, que te ligou de santa rita-SP,contato sobre o curso marco schultz,desejo fazer reserva para evento marco schultz, 20 e 21 de março, com saida no domingo!!!!!!hospedagem para duas pessoas. ficaremos muito feliz se pudermos hospedar com você.serão duas diárias? quanto ao curso, ficaremos com o intermediário.valor de 140 reais.favor me retornar, com os valores que estarei depositando para você, amanhâ, dia 25/2.grata,beijos no coraçâo!!!!!!

    maria cristina lborges lemos
    sace:cris borges

  10. Oi Vera!
    Karina me disse Q vc não entendeu minha letra… Bem, aí está o caminho aberto para nossa comunicação,
    Beijos
    Bebeth

  11. Um dia, uma pequena abertura apareceu num casulo. Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.
    Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais.
    O homem então decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho, era pequeno e tinha as asas amassadas. O homem continuou a observá-la, porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar a tempo.
    Nada aconteceu! Na verdade, a borboleta passou o resto de sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar. O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia, era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo pelo qual Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de forma que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.
    Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vida. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar.
    “Eu pedi forças… e Deus deu-me dificuldades para fazer-me forte.
    Eu pedi sabedoria… e Deus deu-me problemas para resolver.
    Eu pedi prosperidade… e Deus deu-me cérebro e músculos para trabalhar.
    Eu pedi coragem… e Deus deu-me obstáculos para superar.
    Eu pedi amor… e Deus deu-me pessoas com problemas para ajudar.
    Eu pedi favores… e Deus deu-me oportunidades.
    Eu não recebi nada do que pedi… mas eu recebi tudo de que precisava

    GRATIDÃO

  12. Já tive em Aiuruoca a trabalho na fundação do parque. O lugar é lindo mesmo.
    Gostaria de saber se tem como se hospedar aí para alguma vivência ou ajudar nos trabalhos também!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s